top of page

O seu C-level entende os números da sua empresa?


‌Artigo de Nicholas Reade publicado no Brazil Journal.

"Na minha experiência, os executivos brasileiros lidam melhor com finanças do que seus pares norte-americanos ou europeus – particularmente em funções de tesouraria e lidando com conceitos como valor presente, fluxo de caixa descontado, juros compostos etc. Com um histórico de inflação elevada e juros altíssimos, os brasileiros adquiriram uma noção muito clara do valor do dinheiro no tempo.

Mas com relação à gestão financeira em geral, e à contabilidade em particular, a realidade é outra. Para muitos executivos “C Level”, as demonstrações financeiras (DF) são um mistério, e eles apenas as acompanham superficialmente. O CEO e o CFO dão importância, mas a maioria dos outros membros da “C Suite” não consegue fazer a ligação entre estes números e as atividades de seu departamento e suas prioridades – e tem vergonha de dizer isto e de pedir maiores esclarecimentos ao CFO. No dia-a-dia da controladoria e da gestão financeira, é preciso que os números sejam de fácil compreensão e que comuniquem uma história clara.

Os membros da “C Suite” devem fazer um esforço para entender a história, mas cabe ao CFO desenvolver a narrativa escondida nos números, usando gráficos, diagramas e ilustrações que contam uma história. Para quem quiser se aprofundar no assunto, recomendo Simple Numbers, Straight Talk, de Greg Crabtree, Entreprenumbers, de Spencer Sheinin, e The Great Game of Business, de Jack Stack."

Para ler o artigo completo:






2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Комментарии


bottom of page