Cuidar uns dos outros

Há diversas formas para construir uma sociedade melhor para todos.

Recomendo o livro Cuidar uns dos outros, onde a economista Minouche Shafik – a mulher mais jovem a ocupar o cargo de vice-presidente do Banco Mundial – discute uma reorganização social mais humanitária.


A autora argumenta que os países poderiam oferecer a seus cidadãos o necessário para viver dignamente.


Ela defende que precisamos cuidar uns dos outros para vivermos em uma sociedade mais generosa e inclusiva, compartilhando riscos de forma coletiva e fazendo com que todos contribuam ao máximo. A ideia de compartilhar riscos é muito interessante porque nos traz a oportunidade de proteger os mais vulneráveis e de nos proteger quando estamos nós na situação mais vulnerável.


Se você pudesse escolher nascer em uma sociedade mais generosa e inclusiva, ou em uma sociedade mais competitiva, levando em conta que não saberia em que família, estrutura social e com qual cérebro e saúde nasceria, qual opção você escolheria?


Aprender a enxergar que nascemos em uma “loteria genética” pode nos ajudar a compreender a importância de cuidarmos uns dos outros.

No mundo dos negócios, o paralelo seria cuidar bem dos seus colaboradores para que eles cuidem bem de tudo, incluindo os clientes. Um contrato social mais humanitário pressupõe reconhecer nossa interdependência, investir nas pessoas e ter maior retorno de cada um de nós.


É um win-win, positivo para todos os lados!


#cuidarunsdosoutros #contratosocialhumanitario #rrba #gestaointegrada #compartilharriscos #carlosreis #nicholasreade #oportunidade #negócios #saúde @Minouche Shafik




0 visualização0 comentário