top of page

Não basta não excluir, há que incluir

Palavras como Inclusão e Diversidade já fazem parte do nosso cotidiano. Mas até ler esta matéria publicada no Valor Econômico no último dia 03 de janeiro, eu não conhecia a expressão neurodiverso.



Pessoas neurodiversas são aquelas com autismo, dislexia, disgrafia, transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) e síndrome de Tourette, entre outras condições.

Muito interessante o que a Danone e outras empresas no Brasil estão fazendo, chegando a ter responsáveis internos para a gestão destes processos.


Esta matéria diz, entre outras coisas, que a colaboração de pessoas neurodiversas contribui para uma maior humanização da cultura da empresa e melhora a comunicação interna.

Não basta não excluir, há que incluir.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page